Olá!

Hoje falaremos um pouco sobre transição capilar para produtos naturais e começarei compartilhando um pouco da minha experiência! Quando era mais novinha fazia alisamento definitivo no cabelo, tinha muita preguiça do meu cabelo cacheado e, definitivamente, eu não sabia cuidar dele. Passei vários anos  usando os cabelos lisos, numa rotina cansativa de chapinha e milhares de cremes, até ter coragem de voltar aos cachos. Foi um processo lento e sofrido, porque o cabelo ficou um DESASTRE. Depois de um tempo de transição conheci a técnica low & no poo e ela deu um animo no meu cabelo. Pra quem não sabe:

Low poo -> poucos uso de shampoo sem sultafo e não utilizar produtos que contenham silicones não solúveis em água, sulfatos e derivados do pétroleo em geral.

No poo -> nenhum uso de shampoo, higieniza-se o cabelo com outros produtos (Coco-amidopropil Betaína “anfótero betaínico”, bicarbonato, limão, chás, entre outros). Outra opcão é utilizar a técnica co-wash (conditioner washing/ lavagem condicionante) que ao invés de xampu, nas lavagens se utiliza um condicionador de composição leve com uma pequena proporção de xampu ou do anfótero com o intuito de limpar e hidratar ao mesmo tempo. Existe ainda a opção de não utilizar o anfótero: o próprio condicionador pode possuir agentes limpantes como menta, hortelã ou canela. Esses ingredientes podem ser acrescentados manualmente ao frasco do produto.

Confira a lista de produtos que não devem ser usados aqui.

Depois de quase 1 ano na rotina low poo, utilizando apenas produtos liberados pra no poo e que NÃO TESTASSE EM ANIMAIS, percebi que queria ir mais além. Chegava a hora de eliminar os industrializados de vez. Já estava bastante envolvida na produção de cosméticos naturais, mas ainda não conhecia muito de saboaria. Durante um bom tempo comprava shampoo sólido artesanal nas duas saboarias que me inspiram: Sementes de Gaia e Fefa Pimenta. E condicionava o cabelo com vinagre de maça e mel. Minhas madeixas responderam bem a essa transição, visto que a pior parte (abstinência de químicas fortes) já tinha passado.

brown sliced soaps

Quando resolvi estudar sobre saboaria um novo universo se abriu. E pude finalmente começar a fazer meu próprio shampoo. Sei que nem todas as pessoas tem interesse em aprender a fazer, mas é importante entender um pouco do processo. E principalmente, acreditar que é possível com apenas um shampoo ter cabelos lindos e saudáveis, indo contra a lógica capitalista de empurrar várias embalagens de plástico pra ocupar seu banheiro.

Para ajudar a encarar a transição, hidratações caseiras podem ser feitas uma vez por semana, ou quando for necessário. Segue uma receitinha simples e super poderosa para hidratar e nutrir em casa:

Ingredientes

  • 1 abacate bem maduro
  • 1 col. de sopa de mel (se você é vegano, substitua por suco de babosa)
  • 1 col. de sopa de azeite EXTRA VIRGEM

Como fazer 

Amasse a polpa do abacate com um garfo até virar uma papinha, misture o mel e o azeite. Utilize a mistura como um creme de hidratação, massageie as mechas e prenda num coque deixando agir por 30 minutos. Depois disso lave com agua corrente, retire o excesso de água e aplique um shampoo natural (ou pelo menos sem sulfato). Se desejar condicione com vinagre de maça.

Condicionando com Vinagre de Maça

O vinagre de maça, preferencialmente orgânico, pode ser usado como condicionador natural. Basta diluir em um copo americano 1/4 de vinagre para 3/4 de água FRIA. Aplique nos cabelo de forma homogenea e deixe agir 3 minutos, aproveite para desembaraçar. Enxague com agua fria. Você pode adicionar 2 gotinhas de óleo essencial para melhorar o aroma. Se seu cabelo for cacheado ou crespo é indicado adicionar uma colher de sopa de mel ou suco de aloe vera.

Outra questão importante é o aparecimento ou agravamento da caspa no processo de transição. Esse acontecimento é normal visto que o cabelo está desintoxicando. Para aliviar a coceira e controlar a caspa você pode adicionar Oleo Essencial de Melaleuca (Tea Tree) no seu shampoo, ou comprar um shampoo que possua esse óleo em sua composição. Além disso, aplicar babosa no couro cabeludo ajuda a controlar a descamação. Por fim, o vinagre de maça e suco de limão também são poderosos aliados no controle da seborréia.

Qualquer dúvida sobre transição capilar é só deixar um comentário aqui embaixo. E se quiser, conte pra gente sua experiência ;D

Marcella Lemos

 

 

Publicado por:Espiral de Ervas

feito por Marcella Lemos e Ana Velho

9 comentários sobre “Transição capilar para produtos naturais

  1. Gostei muito do termo transição cspilar
    pois trabalho com terapia capilar e aromaterapia. Isso mim ajudou a criar um diálogo diferente pra neus clientes.Gostaria fe saber se você da cursos.

Deixe uma resposta