Nesse post ensinamos uma receita de sabonete de barbatimão e tea tree -Hot Process, utilizando o oleato poderoso de Barbatimão! Esse sabonete é indicado para higiene íntima.

Se você está começando agora no mundo da saboaria, recomendamos que comece pelo Cold Process visto que ele é mais simples, requer menos equipamento e te dará experiência para fazer o Hot Process posteriormente.

Lembrando que essa receita pode ser usada em ambos os processos sem precisar de alteração. A diferença primordial entre esses processos hot e cold é a utilização do calor para acelerar o andamento de cura. Para emanar esse calor, você poderá utilizar o forno, o microondas, o fogão ou uma panela elétrica. Nós usamos o fogão com a chapa de banho-maria.

O sabonete pelo método Hot Process fica com uma aparência mais rústica. Demora aproximadamente 2 horas pra fazer, mas o uso é imediato. Além disso os óleos essenciais e outros aditivos ficam mais preservados, pois são adicionados após o processo de saponificação terminar.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO
Luvasóculosmáscara, mangas e calças cumpridas

UTENSÍLIOS
Panela 5 L de aço inox com tampa (pode ser de vidro)
Chapa de banho Maria ( ou panela maior com água)
→ Espátula
Balança digital
Mixer
Termômetro (utilizei o infravermelho)
→ Recipiente para mistura a soda
→ Colher de Aço
→ Recipiente com água e vinagre para neutralizar seus utensílios
Fitas de Ph ou Phmetro digital
→ Forma forrada com papel manteiga


Tamanho da forma que usamos: 52 (comp) x 9 (larg) x 9 (prof)

INGREDIENTES
870 g Óleo de Oliva
100 g Óleo de Coco
200 g Óleo de Palma
80 g Oleato de Barbatimão feito com óleo de Oliva (saiba como fazer) separe 60 g para adicionar após o trace (superfat)
401 g Água (preferencialmente deionizada ou destilada)
165 g Soda Cáustica com pureza 97% ou mais*
10 g Óleo Essencial de Melaleuca
10 g Óleo Essencial de Eucalipto

* Por que sabonete natural leva Soda Cáustica?

RENDIMENTO
24 sabonetes de 2 cm e uma pequena sobra de 1 cm que uso para teste.

PASSO A PASSO

  1. Pese todos os ingredientes 
    (Deixe pra pesar os óleos essenciais na hora que for usar, pois são muito voláteis)
  2. Misture a água e a soda cáustica, colocando sempre a soda na água, nunca o contrário. Deixe esfriar até que seja possível encostar suas mãos do lado de fora do recipiente (por volta de 45 ºC).
  3. Derreta os óleos em banho-maria, e misture-os com a ajuda do Mixer, se for necessário.
  4. Quando a mistura de soda esfriar, junte-a com os óleos (lembre-se de separar 60 g do Oleato de Barbatimão) e bata com o Mixer até atingir o trace (textura de maionese).
  5. Acenda o fogo no mínimo da chama e coloque sua Chapa de banho-maria, ao longo do processo certifique-se que a temperatura está inferior a 97 ºC. Tampe a panela.
  6. Confira como está sua massa ao longo do processo e mexa, às vezes, para não grudar no fundo.
  7. A massa vai mudar bastante: inicialmente tem aparência branca, depois acumula poças de óleo, até que começa a ficar com aspecto de geleia, este momento sinaliza que está perto de ficar pronta.
  8. Teste o pH – deve estar entre 8 e 10,5. Se estiver Ok, pode prosseguir.caso contrário bata por mais 2 minutos, tampe e aguarde 3 minutos, então repita o teste de pH
  9. Adicione seu SuperFat, que nesse caso será 60 g do Oleato de Barbatimão.
  10. Aguarde a massa esfriar até aproximadamente 55 ºC e adicione o Óleo Essencial de Melaleuca e o Óleo Essencial de Eucalipto
  11. Despeje na forma forrada e bata levemente para tirar o ar.
  12. Conservar em local seco, arejado e ao abrigo de luz solar.
  13. Após 3 – 8 horas você já pode desenformar e cortar. Caso ele ainda não esteja firme, aguarde um pouco mais.
  14. Seu sabonete estará pronto para uso imediato, porém recomendo aguardar pelo menos 5 dias para a perda de água que aumentará a qualidade e durabilidade do sabonete.

VALIDADE
A validade desse sabonete varia de acordo com a conservação, mas indicamos que você use com até três meses para usufruir de todas as propriedades. Ele não vai estragar depois disso, mas começa a perder um pouco do aroma. Para prolongar sua durabilidade você pode adicionar Oleoresina de Alecrim e Vitamina E em proporção de até 0,5% do total da receita, , eles são antioxidantes naturais. De qualquer forma, o sabonete vai ficando com o cheiro mais fraco, por isso recomendo usar nos primeiros 6 meses.

DURABILIDADE
O sabão natural não contém aglutinante, substância sintética usada em sabonetes comerciais para evitar que eles derretam com a água. Portanto mantenha seu sabonete o mais seco possível. Recomendamos que você divida seu sabonete em 2 ou 3 partes para o uso, deixando apenas um pedaço no box.

INDICAÇÃO E DICAS DE USO
Esse sabonete é indicado para higiene íntima da mulher, assim como para peles e cabelos mistos ou oleosos. Os óleos de melaleuca e eucalipto são excelentes antifúngicos, antibacterianos e antioxidantes. Enquanto o barbatimão é adstringente e excelente cicatrizante.

Lembrando que o mais indicado é lavar as partes íntimas apenas com água, mas caso você queira lavar com sabão é interessante que o sabão seja o mais natural possível.

Espero que vocês tenham gostado desse post, qualquer dúvida você pode deixar um comentário.

Segue o vídeo referente a essa receita:

Por Marcella Lemos e Ana Velho

Publicado por:Espiral de Ervas

feito por Marcella Lemos e Ana Velho

13 comentários sobre “Sabonete de Barbatimão e Tea Tree -Hot Process

  1. Olá!
    Se usar aqueles fogões elétricos com termostato, pode colocar a panela direto ou precisa colocar em banho maria também?

  2. Olá meninas! Muito obrigada por tanta informação! Amei conhecer este canal. Gostaria de saber como eu faria para abaixar o pH para 5,0 nesta receita de hot process ou cold process. Eu sei que posso usar o ácido cítrico, mas nunca consigo abaixar o pH. Desde já, agradeço!!

    1. Olá Cleidi tudo bem?
      Nós já tentamos abaixar o pH dos sabonetes cold ou hot e nunca obtivemos sucesso. Segundo um químico que admiramos muito Kevin Dunn, não há nenhuma forma de abaixar o pH nesses métodos de fazer sabão.

    1. Oi, Izabella!
      O óleo/azeite de oliva é bem dificil de substituir, porque ele tem um perfil de ácidos graxos bem específico, parece até que foi feito pra fazer sabão rsrs..
      Você pode tentar trocar pelo óleo de girassol ou oleo de cártamo, mas terá que recalcular todas as receitas, porque mudará a quantidade de soda. Além disso, tenha em mente que o óleo de girassol costuma ter um alto indice de iodo, o que facilita o processo de oxidação do sabão.
      Outra possibilidade seria usar menos quantidade de oliva, substituindo metade da quantidade por girassol ou cártamo. Mas ainda sim, será preciso passar a receita na calculadora.

  3. Boa noite, já fiz algumas das suas receitas mesmo adaptando alguns ingredientes e daqui pra frente são com elas que seguirei fazendo meus sabonetes. Eles ficam maravilhosos.
    Faço meus oleatos e encontrei uma dificuldade com a erva Melaleuca, não encontro ela desidratada em lugar nenhum na internet. Vc tem ideia de onde posso conseguir?
    Obrigada pelas receitas. E vc é incrível ensinando.

Deixe uma resposta