A diferença entre os sabonetes feitos pelo cold e hot process e o sabonete líquido está no uso da POTASSA CÁUSTICA ao invés da soda cáustica. Então nesse post ensinaremos uma base para sabonete líquido bem simples.

A primeira coisa que vocês devem saber sobre o sabonete liquido é que o superfat (sobreengordurante) não é usado da mesma forma. Enquanto, na maioria dos sabonetes em barra, a gente usa o superfat entre 5 – 10%, no sabonete líquido não passaremos de 3%. Isso, porque o sabonete liquido se comporta diferente e se você exagerar no superfat o sabonete pode separar ou ficar com um aspecto estranho.

Tem como fazer sabão líquido sem soda?

É possível fazer o sabonete líquido usando apenas a potassa cáustica, porém eu optei por usar uma mistura de alcalis onde usamos 80% potassa e 20% soda. Além disso, usei a concentração de soda/potassa a 37%.

Observação importante!

A previsão de mistura dada pela calculadora mendrulândia no sabonete líquido não funciona da mesma forma que para o sabonete em barra. Por isso, é um pouco mais difícil elaborar uma formulação do zero. Caso decida fazer sua própria receita, priorize trabalhar com os óleos de oliva, coco e rícino, isso aumentará sua chance de fazer uma receita bem sucedida.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO

Luvasóculosmáscara, mangas e calças cumpridas

UTENSÍLIOS

1) Balança
2) Mixer
3) Mini mixer
4) Panela de aço inox
5) Recipiente de polipropileno
6) Colher de aço
7) Espátula
8) Termômetro Infravermelho
9) Fita de pH

INGREDIENTES
214 g Óleo de Oliva
92 g Óleo de coco
100 g Água destilada ou desmineralizada (água da torneira filtrada fervida pode ser usada, mas o sabão não ficará tão translúcido)
50 g Potassa Cáustica (comprei no mercado livre)
9 g Soda Cáustica
37 g Glicerina Vegetal (deixa o sabonete mais fácil de diluir e mais gentil com a pele)
10 g Lactato de sódio (opcional – adicionar na água)

PASSO A PASSO

  1. Primeiramente pese todos os ingredientes
  2. Logo depois esquente os óleos até aproximadamente 110º
  3. Diluir a potassa e a soda cáustica na água destilada, e não esperar esfriar. A temperatura fica em torno de 80º
  4. Despeje a solução de potassa e soda nos óleos. Mexa com o mixer até chegar ao trace.
  5. Caso a temperatura caia, volte com a massa para o fogão para atingir 100º novamente
  6. Quando a massa começar a ficar mais pegajosa, tampe e espere o vulcão subir
    * Nesse caso, o vulcão fica bem menor (99º)
  7. Mexa com o mixer por mais alguns segundos.
  8. Tampe e espere.
MUDANÇA DE TEXTURA
MUDANÇA DE TEXTURA
  • Mexa, e perceba a aparência da massa que deve ficar mais esbranquiçada.
  • A aparência de gel e a temperatura caindo são sinais de que a saponificação está finalizando.
  • Faça o teste de pH, deve estar entre 8 e 10.
BASE DE SABONETE LÍQUIDO
BASE DE SABONETE LÍQUIDO
  • Aguarde um pouco antes de fazer a diluição. Espere a massa esfriar completamente.
  • Dilua 50% da base em 50% de água destilada.
  • Não precisa misturar para diluir, apenas espere a diluição ser completa.
  • Contudo, após a diluição é necessário adicionar um conservante (0,8%) capaz de sobreviver ao pH alcalino do sabonete. (Eu usei o Spectrastast, mas a faixa de pH dele é só até 8, ainda não encontrei outro conservante certificado que tenha um alcance maior.)
1) Tempo para o cozimento da base: 15 minutos
2)Tempo total de preparo: 30 minutos
3) Tempo médio de diluição da pasta em sabonete liquido: 2 dias

Por fim, assista o vídeo para acompanhar o processo:

Em suma, tomara que você tenha gostado desse post e qualquer dúvida ou sugestão é só deixar um comentário.

Enfim, a gente se vê no próximo post! Até lá. 

Por Marcella Lemos e Ana Velho.

Publicado por:Espiral de Ervas

feito por Marcella Lemos e Ana Velho

26 comentários sobre “Base para sabonete líquido

    1. Oi, Jess!
      Você pode diluir com o chá sim, mas tenha em mente que quando usamos o chá incluimos microparticulas organicas que podem diminuir a validade do produto. Minha professora de cosmética capilar é bem incisiva quando o assunto é colocar chá e argila nos produtos, fala sempre que prejudica/dificulta a conservação. Portanto, atualmente, eu tenho evitado de usar chá. Recomendo que vicê use ao invés do chá um hidrolato.

  1. Muuito obrigada pela receita! Pode ser usado como detergente? Se sim nesse caso, o líquido é feito a diluição e naquele que é pastoso usa-se só a base ne?

  2. Oiiii Marcela!!!
    A lixivia é feita juntas neh!? 80% de potassa e 20% de soda cáustica!?
    Gratidão por vocês!!!
    Amooooooo espiral de ervas ❣

    1. Oi tudo bem?
      Obrigada por seu trabalho.
      Nesse caso da conservação não há necessidade de um conservante devido ao ph alcanilo fazendo com que microorganismos não sobrevivam ali. Os conservantes de amplo espectro como esse que usou, nipaguard e outros vão até a faixa de ph 8. Nesse caso mesmo com a adição da água o ph não muda. Funciona como o sabão em barra. Se não estou enganada. Parabéns pelo trabalho, é lindo.

      1. Oi, Paloma!
        Tudo bem e você?
        Então, apesar de ser mais dificil para os microorganismos se proliferarem no ambiente alcalino, não é impossivel.
        Sugiro um artigo incrivel escrito pela Mestra Ashley:

        https://www.ultimatehpsoap.com/post/do-i-need-to-use-a-preservative-in-liquid-soap-learn-about-microbes-water-availability-and-more#:~:text=There%20are%20quite%20a%20few,include%20Liquid%20Germall%20Plus%20%26%20Suttocide.

        Um abraço

  3. Oiê!!!! Não estou conseguindo comprar a potassa. Não dá para fazer só com a soda cáustica?

    Gratidão por compartilhar conosco!

  4. Oi!
    Adorei sua receita simples!
    Você pode usar dois conservantes em um sistema para ter largo spectro de proteção. Pode combinar o Spectrastrast ou mesmo o Nipaguard com o Focusguard Cap G, que é certificado Ecocert e permanece estável em formulações até ph 9,5.
    Está certíssima em usar conservantes. Toda formulação não anidra deve utilizar conservantes, independente da faixa de ph. Segurança para quem fabrica e para quem compra. Parabéns!!!
    Bjins

  5. Oie! Muito feliz com essa receita, vou testar em breve 🙂 Queria entender melhor porque a mendrulandia nao funciona bem para formular com outros oleos e como seria para calcular sem ela. Obrigada demais!

  6. Bom dia Meninas. Tenho feito diversas receitas suas e, já me aventurei a criar algumas receitas próprias, inclusive no shampoo pastilha de 7 ingredientes, fiz uma recita com argila branca e carvão ativado. Ficou muito bom. Sobre o sabonete líquido, já fiz duas receitas, ambas ficaram com pH entre 8-9. Queria saber se existe alguma forma de alterar o pH para produzir um sabonete neutro (pH 7), é possível? Posso adicionar ácido cítrico na receita ou outro ingrediente? Gratidão

  7. Olá meninas! Trabalho incrível de vocês, gratidão pela partilha de saberes. Minha dúvida é se eu realizar um sabonete liquido somente de coco palmiste será necessário mudar a quantidade de potassa utilizada na formulação? Como posso saber a quantidade a ser usada com cada tipo de óleo?

Deixe uma resposta