Olá, neste post iremos falar sobre 9 coisas que você precisa saber antes de trançar Box Braids. Em resumo, essa é uma técnica de origem Africana que consiste em executar tranças finas desde a raiz do cabelo e que podem unir o cabelo natural à fibra sintética.

1. Símbolo histórico-cultural preto

Muito mais do que um penteado, tranças são símbolos históricos da Ancestralidade Africana. Assim como no passado, na atualidade, elas trazem consigo símbolos de força e empoderamento preto.  Isto é, ao trançar o cabelo, pessoas pretas, reconhecem e afirmam suas raízes históricas. 

Existem muitas possibilidades de trançar as madeixas, elas podem ser feitas em diversas texturas e tamanhos de cabelo. Dessa forma, tranças são amplamente utilizadas por pessoas que estão em transição capilar.

2. Preconceitos 

Mas nem tudo são flores, ainda mais estando no Brasil, um país racista e classista. Ao trançar seus cabelos, pessoas pretas podem ficar vulneráveis a olhares de estranhamento, racismo velado, críticas destrutivas, entre tantos outros exemplos do que não deve ser feito. 

Em diversos contextos, tranças são marginalizadas e associadas a sujeira, difícil manutenção, estragar cabelos. Do ponto de vista classista, se faz necessário admirar as Box Braids para além das feitas com Jumbo, em virtude de ele ser um material caro e pouco acessível para várias realidades.

3. Escolha da Trancista e Material

Escolha uma profissional que respeite seu cabelo! Desse modo, pesquise, veja fotos, peça recomendações pras manas, converse com trancistas e tire todas as suas dúvidas antes. 

Existem muitas opções de material para a trança: linha de crochê, lã,  jumbo e kanekalon. Eu escolhi o JUMBO preto com as pontas cinza por ser um material mais leve no dia a dia e quando está molhado.

Meu processo de trançagem durou 6 horas e foi feito por 2 mulheres, então prepare-se para ficar muitas horas sentada. Quem é de livro, leva livro; quem é de série, leva série; enfim leve alguma coisa para se distrair durante o processo.

Valeu a pena as 6 horas!
Valeu a pena as 6 horas!

4. Cuidados nos dias que antecedem

Antes de fazer a trança eu perguntei para a cabeleireira que estamos acostumadas a ir e ela me recomendou manter o meu cronograma de corte normal. Eu e a Marcella cortamos nossos cabelos a cada 3 ou 4 meses e, nesse sentido, já estava no nosso cronograma cortar o cabelo na véspera da trança.

Da mesma forma, mantenha seus cuidados capilares de hidratação, nutrição ou reconstrução como de costume. Se quiser fazer um intensivo de cuidados na véspera, melhor ainda!

A última lavagem é feita somente com shampoo, não pode aplicar condicionador e finalizador (creme de pentear). A saber, para trançar é necessário estar com o cabelo desembaraçado e preferencialmente liso. Esses cuidados evitam que as pontas se quebrem ao desembaraçar e são necessários para facilitar o fazer da trança e também para sua durabilidade.

5. Mantenha o cabelo solto nos primeiros dias

Nos primeiro dias a trança está mais justa e por isso é doloroso mudá-las de lugar. Seja respeitosa com seu cabelo, movimente as tranças aos poucos para que possamos evitar a quebra do seu cabelo. 

Isso se torna ainda mais necessário se as tranças estão muito apertadas. A movimentação dos fios tensionados pode gerar inclusive alopécia por tração, ou seja, a perda dos fios.

6. Como lavar e cuidar das tranças

O recomendado é, então, lavar os cabelos somente com shampoo, 1 ou 2 vezes na semana. Não é recomendado passar condicionador, ele pode ajudar a trança a escorregar ou então deixar acúmulo dentro das mesmas.

Os cosméticos que eu utilizei foram: Shampoo Sólido, Tônico Capilar e solução diluída de Vinagre de Maçã Orgânico. No entanto, algumas pessoas também passam óleo na raiz, eu confesso que fiquei com medo de escorregar minhas tranças por conta da textura do meu cabelo e optei por não passar.

O tônico capilar foi meu melhor amigo! Inclusive nós já disponibilizamos a fórmula que estou usando diariamente ou em dias alternados. O modo de aplicação é bem fácil, basta aplicar o spray na raiz e deixar secar naturalmente. Confesso que às vezes eu passo no comprimento da trança pra deixar um cheirinho a mais, porém a fixação no Jumbo é bem fraca.

7. Deixe o cabelo secar completamente

Se for secar naturalmente use toalhas e fique alguns minutinhos no sol para acelerar o processo. Ao usar toalhas, não esfregue-as contra as tranças, isso pode gerar frizz ou diminuir a vida útil da trança. Eu enrolo a trança do mesmo modo que faria com o cabelo sem trança, a única diferença é que preciso trocar a toalha pelo menos uma vez, ou seja, utilizo no mínimo 2 toalhas para secar.

Caso você prefira o secador, use jato frio ou morno. Como eu não possuo secador, não testei esse método de secagem.

Turbante de Toalha
Toalha para secar Box Braids

8. Proteja as tranças ao dormir

Agora chegou a parte chata do close, pelo menos na minha opinião.. rs

Infelizmente é MUITO necessário proteger as suas tranças ao dormir, pode ser com um lenço, touca ou fronha de cetim. Essa proteção só trás benefícios: evita o atrito da trança, diminui o frizz, aumenta a sua durabilidade e, por fim, oferece mais conforto na hora de se movimentar enquanto dorme.

9. Duração da trança

Por fim gostaríamos de ressaltar que não devemos ficar muito tempo com a trança. O tempo máximo recomendado pelas profissionais que eu consultei em São João del Rei é de 3 meses. Esse tempo pode variar de acordo com o material, método de trança, textura do cabelo, etc.

Se você ama estar de trança e gostaria de mantê-las por mais tempo, o recomendado é tirar e deixar os fios naturais por um tempo antes de refazer as Box Braids.

Aqui, temos o vídeo promovendo esse bate papo sobre a minha experiência ao trançar e falando sobre as 9 coisas que você precisa saber antes de trançar Box Braids:

Você já assistiu aos conteúdos que temos sobre shampoo sólido no canal? Temos fórmulas indicadas para cabelos secos e cacheados, mistos a secos e mistos a oleosos. Temos também o tônico capilar que serviu de base para uso no meu couro cabeludo.

E o que você achou desse conteúdo? Gostou de ler sobre as 9 coisas que você precisa saber antes de trançar Box Braids? Seja como for, sabemos muitas pessoas ficam curiosas e querem saber como é a trança, mas não se esqueça de sempre pedir permissão para tocar no cabelo (ou em qualquer parte do corpo) das pessoas. Querem um conteúdo específico mostrando os cuidados após trançar? Deixa um comentário pra gente!


Se você quer saber mais sobre as Box Braids e sobre Apropriação Cultural indicamos os seguintes canais:

Em suma, esperamos que você tenha gostado desse post e qualquer dúvida ou sugestão você pode deixar um comentário.

Então a gente se vê no próximo post! Até lá.

Por Marcella Lemos e Ana Velho.

Publicado por:Espiral de Ervas

feito por Marcella Lemos e Ana Velho

Um comentário sobre ldquo;9 coisas que você precisa saber antes de trançar Box Braids

  1. Meninas, bom dia.

    Estou tentando fazer uma doação para vocês, por este site, utilizando a opção de pagamento com meu cartão, mas não consigo finalizar sem criar uma conta pay pall. Essa alternativa existe ou é obrigatório a criação da conta pay pall?

    Grata

Deixe uma resposta