Olá, hoje falaremos sobre o ingrediente SCS, um surfactante aniônico sólido. Ele proporciona alta limpeza e ótima formação de espuma, e dessa forma, é muito utilizado para produção de cosméticos sólidos de limpeza.

Ingrediente SCS

Primeiramente, a sigla SCS significa Coco Sulfato de Sódio e seu INCI Name é Sodium Coco Sulfate.

O SCS é um alquil sulfato produzido a partir do processo de Sulfatação do Álcool Graxo de Coco. Por tratar-se um surfactante aniônico, tem como função principal garantir uma boa limpeza e espuma cremosa em seu produto. Portanto, é amplamente utilizado na produção de sabonetes líquidos, xampus, espumas de barbear, bombas e esfoliantes de banho, etc.

Além de tudo, pode ser considerado um ingrediente ecológico e possui o selo ECOCERT.

ingrediente SCS
Ingrediente SCS

SCS x SLS

O primeiro ponto que precisamos mencionar é que o SCS não é a mesma coisa que SLS (Sodium Lauryl Sulfate). Ambos são derivados do óleo de coco, porém comparado ao SLS, o SCS  contém mais ácidos graxos, o que o torna mais suave com uma espuma mais cremosa. O SCS também é mais hidrofóbico do que o SLS, o que significa que é mais hidratante e condicionante para nossa pele e cabelo.

Não quer usar Sulfatos?

Contudo, se o seu objetivo é fazer um produto Sulfate Free (Livre de Sulfato), você deve usar outros surfactantes sólidos como por exemplo o SCI ou o SLSa (porém esses não possuem Selo ECOCERT). Além de ser um sulfato, o SCS é mais forte e por isso, não é recomendado para pessoas com couro cabeludo ou pele sensíveis. Da mesma forma que também não recomendo utilizá-lo em fórmulas para peles e cabelos secos. 

Indicação de Uso

A concentração de uso recomendada é de 5% até 70%, contudo costumo usar no máximo 15% para não ficar agressivo demais.

Essa matéria-prima se apresenta em forma de pequenas escamas, grânulos ou em pó, e é hidrossolúvel. Isto é, o SCS pode ser diluído em Água Destilada a 40 °C. 

Caso você esteja utilizando o SCS em um produto líquido você poderá engrossá-lo com um sal ao invés de usar uma Goma.

Seu pH pode ser entre 7,5 e 10,5. Recomendamos que você ajuste o pH do produto final para que fique entre 5-7.

Ele possui alto teor de Matéria Ativa, na faixa de 95%.

Grânulos de SCS
Grânulos de SCS

Importante

Assim como o SCI e o SLSa, o SCS deve ser manipulado utilizando o equipamento de proteção, principalmente a máscara PFF1. 

Pela nossa experiência, gostamos de usar o SCS associado à outros surfactantes mais suaves. Por isso que não ultrapassamos a quantidade de 15%, mesmo em produtos sólidos.

O CIR (Painel dos Especialistas) classifica o SCS como seguro em formulações projetadas para uso breve seguido de lavagem completa da superfície do pele.

Assista ao vídeo que gravamos sobre o Ingrediente SCS:

Quer conhecer outras alternativas para usar em conjunto ou em substituição ao SCS? Já fizemos um post sobre o SLSa (Lauril Sulfoacetato de Sódio), e sobre o SCI (Cocoil Isetionato de Sódio). Se você chegou até aqui e não está entendendo sobre o que são surfactantes, tensoativos, aniônicos, dá uma olhada nesse conteúdo aqui.

E então, o que você achou do ingrediente SCS? Já conhecia ou já formulou algum produto usando esse tensoativo? Quer saber como incorporar essa matéria prima no Shampoo Sólido? Quer uma formulação usando ele? Deixa um comentário para a gente saber o que você acha!

Em suma, esperamos que você tenha gostado desse post e qualquer dúvida ou sugestão você pode deixar um comentário.

Então a gente se vê no próximo post! Até lá.

Por Marcella Lemos e Ana Velho.

Referências Bibliográficas

Entre a pele. Coco Sulfato de Sódio. Acesso em: 15 fevereiro 2022.

Humblebee and me. Sodium Coco Sulfate. Acesso em: 15 fevereiro 2022.

Swift Crafty Monkey. Sodium Coco Sulfate. Acesso em: 15 fevereiro 2022.

Publicado por:Espiral de Ervas

feito por Marcella Lemos e Ana Velho

Deixe uma resposta